Durante a gestação, a manutenção da capacidade física, o controle de peso, o alívio do stress e a prevenção de de dores estão entre as principais razões para a procura de atividade física.

Atualmente principalmente as mulheres "modernas" buscam intensivamente hábitos cada vez mais saudáveis, as pesquisas realizadas respondem muitas questões desconhecidas por toda a equipe que atua com este grupo em especial. Diversas adaptações anatômicas e fisiológicas acontecem com a gestante, sendo natural que o aumento de peso possui papel fundamental nessas alterações aumentando a sobrecarga principalmente nas articulações. A conhecida lombalgia (dor na região da coluna lombar), aumenta em até 50 % na gravidez, principalmente em decorrência da mudança do centro de gravidade. Essas mudanças contribuem para a predisposição a diminuição do equilíbrio e aumento do risco de quedas. (Acog 2002).

Alteraçòes hormonais como o aumento da produção de estrogênio e relaxina podem provocar a laxitude ligamentar, sendo este último um hormônio peptidíco produzido pelo corpo lúteo e responsável pelo relaxamento do tecido conectivo, incluindo ligamentos, fáscias e sínfises. Algumas alterações posturais também podem ocorrer, diversas compensações são realizadas pelas gestantes como a projeção do corpo para tráz, devido ao aumento da lordose lombar, protrusão (anteriorização) dos ombros e cabeça com consequente aumento da base de apoio caracterizando uma marcha típica durante o período gestacional.


Conheça nosso programa de Condicionamento Físico - Profissionais Especializados
Conheça na tabela abaixo as contra-indicações ABSOLUTAS E RELATIVAS dos exercícios na gravidez.

Contra-indicação ABSOLUTAS Contra-indicações RELATIVAS
Doenças cardíacas Anemia severa
Doenças pulmonares obstrutivas Bronquite Crônica
Incompetência de colo uterino Arritmias cardíacas
Placenta prévia após 26 semanas de gestação Diabete Melito - Tipo I
Gestações múitiplas com risco de parto prematuros Obesidade extrema
Sangramento persistente no segundo e terceiro trimestre     Extremo baixo peso corpóreo (IMC < 12)
Trabalhos de parto prematuro Retardo do crescimento uterino
Ruptura de membranas Hipertensão não-controlada
Hipertensão gravídica
Limitações ortopédicas
Baixo controle dos hormônios tireoideanos        
Fonte: Medicina do Esporte Unifesp - 2008



O ACSM também recomenda que para pessoas saudáveis e não-grávidas o tempo de exercícios é de 30 minutos diários.

Um estudo publicado em 2007 por Polman e colaboradores, evidenciou a melhora significativa do comportamento emocional em mulheres que realizaram atividade física na água. Dentre seus benefícios podemos citar que com os efeitos hemodinâmicos decorrentes da imersão ocorre diminuição da pressão arterial, causada pela diminuição de determinados hormônios, como aldosterona por exemplo. Menor sobrecarga nas articulações do quadril, joelhos e tornozelos devido ao mínimo de impacto existente, melhora na liberdade de movimentação proporcionada pela não presença da força gravitacional, melhora considerável no condicionamento físico, assim como a disposição física para as atividades de vida diária.

Programa Especial de Natação e Hidroginástica !

De acordo com o parto a ser realizado podemos centralizar os exercícios, como exemplo, nos partos de cesariana um trabalho de fortalecimento específico dos músculos abdominais, exercícios de reeducação diafragmática podem facilitar a recuperação no pós-operatório. E nos casos de parto natural um trabalho específico em todo o assoalho pélvico, assim como, reeducação diafragmática é de extrema importância tanto no intra como na recuperação pós-parto.

Após o período de gestação o retorno da atividade física deverá ser analisado individualmente respeitando as limitações e os objetivos a serem alcançados. A liberação para o exercício deve ocorrer após 6 semanas: só então deve-se criar as metas a serem alcançadas.

Procure sempre por profissionais qualificados, exija resultados satiafatórios pois nesta fase de mudanças e descobertas tanto para a futura mamãe quanto para o papai...a atividade física deverá ser sua companheira, solicite a liberação de seu médico e não perca tempo !!! Pois é somente 9 meses.

Prof. Ms. André Luciano Pinto
Fisioterapeuta


 



Av. Angelina, 755 - Vila Leonor | 02077-000 | São Paulo
Fone: (11) 2901-1991


Horário de atendimento:
Segunda a sexta das 06h as 22h / Sábado das 08h as 12h

Icone Facebook Icone Instagram

Logotipo Arte9